CREMOS

• Cremos que as Escrituras Sagradas tanto do Antigo como do Novo Testamento são a Palavra de Deus, e a nossa única regra de fé e prática. (II Pd. 1.19-21; II Tm. 3.16-17; Sl. 119.105; Dt. 29.29; Gl. 1.8; I Cor. 4.6)
• Cremos que Deus é um só e que subsiste em três pessoas distintas Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo. (Mt. 28.19; II Cor. 13.13)
• Cremos que Jesus é Deus que assumiu a forma de homem e veio até nós. E que Ele é o nosso único e suficiente Salvador e Senhor. (Jo. 1.1,14,18; At. 4.12; I Tm. 2.5)
• Cremos que Deus é soberano e criador de todas as coisas. E que tudo subsiste Nele e para Ele, e não é manipulado pelas paixões humanas. (Sl. 24.1-2; Dn. 4.24-25; 34-35; At. 17.24-28)
• Cremos que o Espírito Santo, que procede tanto do Pai como do Filho, opera em nós a regeneração e vem habitar no nosso coração à partir do momento em cremos em Cristo como Deus e nosso único Salvador e Senhor, sendo este o batismo com o Espírito Santo. Ele é o nosso consolador, guia, santificador, que tudo faz para a glória de Cristo e nos dá poder e dons para testemunhar. Portanto, é necessário diariamente nos enchermos do Espírito orando e meditando na sua Palavra. (Jo. 7.37-39; At. 2.37-38; Jo. 16.7-15; At. 1.8; Rm 12.3-8; Ef. 4.3; 5.18-20).
• Cremos que o homem é pecador e incapaz de obter ou contribuir para a sua própria salvação(Rm. 3.10,23; Ef. 2.1, 8-9)
• Cremos que o homem só pode alcançar a salvação pela graça de Deus através de Jesus Cristo que é o nosso único e suficiente Salvador e Senhor, e mediador entre Deus e os homens. E que o nosso Deus é tão misericordioso que não fomos nós que o escolhemos, pelo contrário, foi Ele que nos escolheu incondicionalmente e nos designou para termos uma vida frutífera para sua honra e glória. (Jo. 3.16; 14.6; At. 4.12; I Tm. 2.5, Jo. 15.16; Rm. 8.28-30; Rm. 9.16)
• Cremos que aqueles que são alcançados pela graça de Deus perseverarão até o fim. (Ef. 4.30; Jo. 10.27-28)
• Cremos que Deus nos criou para a sua honra e glória. E que o objetivo supremo das nossas vidas e´ fazermos tudo seja em palavra ou ação em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai. Sendo esta uma vida de santidade. (Cl. 3.1-24).
• Cremos que Deus responde a nossa oração que é feita segunda a sua soberana vontade. (Sl 66.20; I Jo 5.14-15; Tg 4.3; Sl 37.4-5)
• Cremos que toda a natureza expressa a glória de Deus, e através dela Ele sustenta toda a vida sobre a face da terra. E que tudo que há de bom em todos os homens em termos de conhecimento, habilidades e atitudes vem de Deus. (Sl 19.1-2; Sl 104.10-14; 22-24; Sl 103.1-3; Tg 1.16-17; Mt 5.45; Rm 13.1)
• Cremos que somos um ramo da igreja de Cristo, e reconhecemos como ramos legítimos do Cristianismo todas as comunhões eclesiásticas que mantêm a vida dos sacramentos, a virtude da fé cristã e a integridade do ensino das Sagradas Escrituras, do Antigo e Novo Testamentos, tendo-as como única regra de fé e prática. (I Cor. 12.12-13; Ef. 4.4-6).
• Cremos que aos homens está ordenado morrerem uma única vez, vindo, depois disso o juízo (Hb. 9.27). Portanto, não há nenhuma base bíblica para a reencarnação. E que os corpos dos homens, depois da morte, convertem-se em pó ; mas as suas almas (que nem morrem nem dormem), tendo uma substância imortal, voltam imediatamente para Deus que as deu. As almas dos que tem a Cristo como salvador, sendo aperfeiçoadas na santidade, são recebidas no mais alto dos céus onde vêm a face de Deus em luz e glória, esperando a plena redenção dos seus corpos; e as almas daqueles que não tem a Cristo como salvador são lançadas no inferno, onde ficarão, em tormentos e trevas reservadas para o juízo do grande dia final. Além destes dois lugares destinados às almas separadas de seus respectivos corpos as Escrituras não reconhecem nenhum outro lugar. (Gn. 3:19; At. 13:36; Lc. 23:43; Ec. 12:7; Ap. 7:4, 15; II Cor. 5: 1, 8; Fl. 1:23; At. 3:21; Ef. 4:10; Rm. 5:23; Lc. 16:25-24).
• Cremos na segunda vinda de Cristo e que o seu retorno será pessoal e físico (Mt. 24.24; At. 1.11; Cl. 3.4; II Tm. 4.8; Hb. 9.28), visível e triunfante (Mc 8.28; II Tes. 1.10; Ap. 1.7). Na segunda vinda Jesus ressuscitará os mortos e julgará o mundo (Jo. 5.28-29). Os que estiverem vivos não morrerão, mas terão seus corpos transformados para viver na eternidade. Os corpos dos que não tem a Cristo serão ressuscitados para a desonra, e os corpos dos que tem a Cristo serão pelo seu Espírito ressuscitados para a honra e para serem semelhantes ao próprio corpo glorioso Dele. (I Tes. 4:17; I Cor. 15:51-52, e 15:42-44. At. 24:l5; Jo. 5:28-29; Fl. 3:21).
• Cremos que Jesus está presente na Ceia do Senhor, não fisicamente, mas espiritualmente e que para nos apropriarmos dessa bênção é necessário sermos batizados e termos confessado nossa fé publicamente em Jesus, além de fazermos um exame pessoal da nossa vida diante de Deus. (I Cor. 11.23-28; Mt. 26.26-30; 28.20b).
• Cremos que o batismo é um sacramento (sinal visível de uma graça invisível), ordenado por Cristo (Mt. 28:19), no qual o lavar com água no nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, simboliza a nossa união com Cristo (I Cor. 12:13; Ef. 4:30), a participação das bênçãos do pacto da graça (Rm .6:4-14), e a promessa de pertencermos ao Senhor (Rm. 1:6; At. 2:38,39).
• Cremos que modo mais bíblico de batismo é o de aspersão, entretanto reconhecemos como válido todos os demais batismos desde que sejam feitos com água como determina Jesus e em nome do Pai, Filho e Espírito Santo. (Ez. 36:25; Is. 44:3; Jo.3:5; I Cor. 10.1-2; I Pd. 3.20-21)
• Cremos que os pais cristãos devem batizar seus filhos, como pais no Antigo Testamento circuncidavam os seus, crendo na promessa de que eles pertencem ao Senhor. (Gn 17:9-14; Mt. 10.13-15; Cl. 2.11; At. 2.39)
• Temos um sistema de governo eclesiástico representativo em que os presbíteros docentes (pastor ou pastores) e regentes (representantes eleitos pela comunidade), exercem o governo da igreja numa série do concílios em ordem crescente, desde o Conselho local (governo da comunidade), Presbitérios (concílios regionais) até a Assembléia Geral. (At.14.23; 15.2)

  IPI Hebrom - Todos os direitos reservados - MBB